Posts Tagged ‘perfumes’

Custo aqui x custo lá fora, o que compensa?

Thursday, March 29th, 2012

Estava conversando com um colega de trabalho que vai viajar pra fora e entramos na discussão: o que vale comprar fora o que não hoje em dia?

A gente tem essa sensação de que tudo no mundo é muito caro no Brasil e ridiculamente barato no exterior. Por causa disso, criamos a preferência por comprar enxoval (a Helô comprou o da Cecília em Miami), vestido de noiva, eletrônicos pra casa, celulares, perfumes e – claro – muita maquiagem no exterior. E isso acontece desde com quem pode viajar todo ano até quem apenas faz as famosas encomendinhas pras amigas.

Mas nem sempre o custo de venda Brasil é  tãao mais caro que o do exterior hoje em dia. Já  existem marcas que antes eram impraticáveis de serem compradas por aqui (como a Revlon e a Victoria’s Secret) que podem ser encontradas em qualquer esquina. Por causa disso, fiz uma listinha de coisas que eu ainda encomendo das amigas que vão pra fora (classe média feelings) e coisas que já prefiro comprar aqui com o motivo. Quem sabe isso não inspira as compras de vocês aqui e lá fora?

Perfumes: Perfumes em geral compensam muito! A economia às vezes chega quase próximo a 50% do valor (o que em porcentagem é menos do que o esperado). Mas em cifras, um perfume de 350 dinheiros aqui custa no máximo 120 dólares lá. Faz a conversão pra ver como você  economiza.

MAC: Preciso nem explicar muito, né? Enquanto os batonzinhos amados e Fluidlines da vida custam 75 reais por aqui, nas MACs americanas você os compra por 15 dólares. 15 DÓLARES. Cada batom aqui paga três lá praticamente. Isso sem falar em bases e pincéis que podem gerar uma economia de quase cem dinheiros por peça. De enlouquecer?

Bases grifadas: Sabe aquelas bases de rica? Tipo Chanel, Dior, Guerlain… Aquelas marcas que a gente compra e fica com dózinha de usar todo dia? Pois é, elas chegam a custar 200% mais caro no Brasil que no exterior. Nessas horas, a dica lá fora  é se embrenhar numa Sephora com espírito aventureiro no coração e investigar tudo sobre sua cor de pele + acabamento favorito pra sair com um mini estoquinho. Principalmente se você viaja tanto quanto eu (ou seja, nunca).

Além disso,  anote  essas marcas preciosas que praticamente só são encontradas lá fora (ou aqui dentro com precinhos impraticáveis): Benefit, MUA, Kiko Make Up, Too Faced, Morrocan Oil, Pupa, Bed Head… Todas coisas lindas que eu uso sempre e não tenho coragem de pagar aqui.

Victoria’s Secret – coqueluche essa, heim? Houve uma época que você só era alguém na vida se cheirasse a baunilha ou morango com champagne. Hoje, como já dito, você encontra Victoria’s Secret em qualquer esquina por 30 a 40 dinheirinhos. Não é tão barato quanto nos EUA (que dá pra pegar promoções por menos de 5 dólares), mas o tanto que é mais caro não é em valor bruto significante o suficiente pra você ficar sem seu perfume caso não viaje.

Eu prefiro comprar aqui meus creminhos e body splashes sempre que descubro um sabor novo gostosinho. Até porque não sou viajante expert e as amigas que trazem Victoria’s Secret lucram quase nada com o produto vendido (paga nem a viagem, gente, muito barato).

Revlon – Vide Victoria’s Gate acima. Revlon continua sendo uns 200% mais caro no Brasil, mas são 200% mais caro que não somam nem dez reais em esmaltes e batonzinhos. Mais uma vez, se a economia não paga a passagem, não ocupe volume nos seus amados 32 quilinhos.

E vocês? O que trazem de fora ou encomendam dazamigue viajantes ultimamente? Dêem a dica aqui nos comentários!