Archive for April, 2011

Descontroladas por aí: acertando a marca de produto “saudável”

Friday, April 29th, 2011

Nas últimas semanas, rolaram alguns baphões éticos, assuntos do FD: somos contra testes de produtos em animais, manifestamos nossa opinião contra a coleção Pele Mania da Arezzo e por aí vai. Acho útil comentar que a posição correta socialmente também deve se aplicar a nós mesmas.

Lendo a Folha hoje, topo com a matéria de capa: “Teste em laboratório questiona segurança de esmaltes no Brasil”. Isso me preocupa. Segundo o Dr Oz, em seu programa no Fox Life , muitos esmaltes americanos são tóxicos; e a Folha explicou por que o mesmo acontece com alguns brasileiros: substâncias permitidas por lei são usadas, embora prejudiciais à saúde, podendo resultar em alergias de pele e respiratórias.

esmaltes jordana

Gostou? Pense bem antes de comprar...

Há muitos produtos, alimentos, estilos de vida, etc. que podemos evitar para não provocarmos nenhum desgaste no corpitcho (desde probleminhas a doenças, e já citando um exemplo radical: adquirir câncer).

Geralmente quem passa por tratamento contra câncer tem de se adaptar a outro estilo de vida para superar cirurgia, quimio, recuperação e fases pós tudo isso. Essa mudança inclui, por exemplo, o uso (ou não) de certos cosméticos, sabonetes, perfumes e desodorante. As células cancerígenas são alimentadas por alguns compostos desses itens, como o alumínio.

O livro Anticâncer ensina que devemos ler os rótulos dos produtos antes de comprar. Segundo o autor, David Schreiber, desodorante que contém alumínio é tóxico, pois adentra na axila, penetra – já que ali temos um gânglio – e assim ele corre para o organismo. Não parece natural ao corpo, né?

Cosméticos com (metil, poli ou butil-) parabeno: nem pensar! Quanto aos perfumes: a maioria tem (DBP ou BEHP) spalapos – e quando você ler isso, amygah, corre. O escritor sugere usarmos colônias no lugar. Claro que não se trata de uma sentença arrasando essa indústria que nos deixa cheirosas, lindas demais e feliz com nossa aparência. É só necessário se informar e se cuidar.

Última dica: principalmente para pessoas que têm alergia a sabonete, o Dr Oz da Fox Life indica comprar aqueles sem corante nem perfume, pois é por isso que a pele coça, se for o caso. Olha que engraçado: eu tenho alergia ao cloro da água, ou seja, tomo banho e saio me coçando toda. Desde que nasci é assim… Alguém sugere um “tratamento” aí?

 

Testando, 1, 2, 3: Esfoliante de damasco St. Ives

Thursday, April 28th, 2011

esfoliante st ives apricot scrub

Alô, alô loucas do esfoliante – sim, esse post é dedicado a todas vocês, Letícias do meu Brasil, que já cogitaram lixar as pelanca com a Makita do papai! Calma, amiguelhes, já existe um esfoliante que tem o mesmo efeito da lixa do pedreiro e é vendido em potinhos junto com o hidratante mais amor que já caminhou sobre essa Terra: St. Ives, seu lindo, seja bem vindo ao Fashion Descontrol!

Dez entre dez malucas do  hidratante concordam que St. Ives é a potência máxima da hidratação. Agora mesmo, no Skype, Lelê (Phd em hidratação e lixamento cutâneo) disse que o de colágeno é criminoso de tão bom. Caso é que, feriadão último, comemorei a páscoa numa fila gigantesca do Shopping China de Salto del Guaira arrematando, entre outras necessidades, o esfoliante de damasco da marca.

Então vamos aos fatos: aquele velho hidratante St. Ives com cheirinho de creminho da mamãe ganha uma garimbada de damasco e é envolvido por, sei lá, pedaços de granito. Parece uma lixa mesmo. Passei um dedinho disso no braço do bofe e ele ficou assustado perguntando por que diabos mulheres compram esse tipo de instrumento de tortura.

Apesar de ser pouquissímo oleoso e nada pegajoso, a consistência é tão grossa que, quando você vira o potinho, o creme não cai. Gente, é sucesso garantido na vida!

esfoliante st ives apricot scrub

Para ajudar essa coisa linda, aquele tantinho ali que eu peguei no dedo pra mostrar pra vocês dá pra esfoliar as duas pernas com alegria e vigor. Maravilha, né?

Como se alegria pouca fosse bobagem, fiquei feliz em não ter que pesquisar com o 3G da depressão que tava rolando se a marca era amiga dos animaizinhos: a St. Ives deixa claro em seus rótulos que não testa em animais ou usa qualquer tipo de ingrediente animal. Tem como não amar? Prova que produto bom de verdade não precisa machucar ninguém.

Então é isso, minha gente. Juro que procurei um defeito pra falar aqui, mas não dá não: o babado é cheiroso, funciona, hidrata, dura a vida toda e não machuca nenhuma criaturinha indefesa. O preço? Lá em Paris Guai paguei 4,75 obaminhas da felicidade. Boatos dizem que aqui em Curitiba o preço médio é de 20 dilminhas, mas tem que pesquisar porque nunca tinha comprado a marca.

Enfim, a lição de hoje é: sejam felizes, se hidratem, se lixem, cheirem damascos e protejam os bichinhos.

Esse post é dedicado a Lelêzilda, a única pessoa que realmente tentaria lixar a perna com uma Makita que eu conheço.

Testando 1, 2, 3: MISSHA Procure Active Protecting Treatment

Wednesday, April 27th, 2011

missha active treatment

Tendo em vista as comprinhas do post passado, vou dividir cazamiga o que achei de um dos produtinhos para cabelos da MISSHA.

Sou bem desligada com cuidados com cabelo fora shampoo sem sal e creme, mas a minha roomate, que não é, tem me ensinado muita coisa boa. Espero conseguir passar alguma ideia útil para vocês, como a Debs fez no post dela.

Foi mei-que-difícil descobrir o que comprar para mim de acordo com meu objetivo e tipo de cabelo. Primeiro por não entender bem o que as embalagens em coreano (com pouca tradução para inglês) dizem. Segundo porque há muitas coisas tentadoras: as ceras modeladoras, os silicones reparadores, máscaras, ampolinhas de tratamento, etc.

Como eu precisava (e ainda preciso) muito hidratar minhas madeixas com californianas, optei pelo creme da foto, da linha Procure, o Active Protecting Treatment.

Aplicado depois de um bom banho com shampoozinho, nos cabelos úmidos, mecha a mecha, e maravilhosamente mantidos ali por 20 minutos dentro de uma touca térmica gatchenha (ufa!), algumas constatações sobre o creme:

1. Quando passamos, parece um produto bastante “gorduroso”, até grosso;

2. Assim que o cabelo secou, ficou mais pesado, liso e sedoso;

3. De quebra, adorei o cheirinho, que nem parecia existir quando comprei;

Entretanto, achei que já no dia seguinte uma parte positiva do resultado tinha desaparecido (leia-se frizz, e aqui em Foz eu quase não tenho isso). Mas continou lisinho e sem volume, irra.

Resumindo

Preço: US$ 5,80 a bisnaga com 150g

Recomendação: dar força e brilho ao cabelo

Utilização: para hidratação ou como condicionador

Fragância: ótima e fixa

Amygah, não que você não saiba, mas é sempre bom lembrar que não é o certo achar que fez hidratação devido à quantidade de creme. No meu cabelão, por exemplo, precisei apenas de uma colher de sopa bem aplicadinha, pouco a pouco nas mechas, massageando as pontas e desembaraçando a peruca.

Claro que agora estou com vontade de testar várias coisas né… Enquanto minha dignidade não me permite comprar Kérastase de 60 dólar (!) no balcão do lado, eu me contento com o que tenho.

Rhycah, se você já testou algo da MISSHA, contaí! Queremos saber o que traz a nós esta marca coreana recém-chegada a minha Paris(guai)!

HollyUÓdy: Blake Lively ruiva!

Wednesday, April 27th, 2011

blake lively ruiva

Sim sualinda, você não leu errado! Miss Blake-Serena Van Der Woodsen– Lively foi vista ontem à noite, no Time 100 Gala em NYC assim, ruiva (menção honrosa ao vestido Zuhair Murad Haute Couture lin-do de morrer!).  Na verdade, ela não está exatamente ruiva…essa tonalidade de cabelo é conhecida entre os hairstylists/colorists das celebs como strawberry blond.

Strawberry blond nada mais é do que o conjunto de tonalidades que flutuam entre o loiro com reflexos ruivos e tons mais suaves de vermelho (não vale dizer  que é cor de água de vina/salsicha porque isso ofende as bees coloristas!). Vejamos mais rhycas e famosas que já ostentaram/ostentam cabelitchos assim:

strawberry blonde celebrities

Esses exemplos mostrarm direitinho a gama de cores abrangida dentro do conjunto Strawberry Blond: desde reflexos avermelhados mais sutis nas madeixas da linda Cynthia Nixon (Miranda Hobbes, sualinda!), passando pelo avermelhado mais marcadinho de miss Cate Blanchett até chegar nos tons mais sóbrios de loiro-avermelhado de Amy Adams e Nicole Kidman.

blake lively loira

E aí, aprovaram o cabelo de Miss Van der Woodsen ou acharam errado/pecado/heresia/absurdo? Eu particularmente acho a Blake Lively linda maravilhosa (tá que às vezes ela tem uns wardrobe malfunctions que dá vontade de matar, mas a gente perdoa) e acho que ela loira é hors concours, mas já que é pra mudar, eu teria sido mais ousada e optado por um vermelho mais forte. Blake é jovem, linda e ficou may apagadinha com esse tom de loiro avermelhado. Se é pra virar ruiva, sijoga logo no vermelhão, sualinda!

Palavras de phynesse: Vi Guimarães

Tuesday, April 26th, 2011

Virginia Guimarães

Vi Guimarães: todo mundo conhece e ama a ruivinha natural mais amada da blogaria curitibana! Seja pela beleza e bom gosto (raros numa cocotinha tão jovem), seja pelas fotos bafo que circulam no meio – quem bloga em Curitiba já, pelo menos uma vez, disse que queria esse cabelo/esse dom para fotos/esse bom gosto/essa simpatia/esse perfeccionismo/esse estilo.

A Vi comanda o Prêt a Fêter, blog imperdível que fala de moda, decoração, arquitetura e exibe as fotos perfeitas que ela tira. Ou seja, tudo que é lindo se pode encontrar por lá. Fotografa profissional das boas (Vi é responsável, por exemplo, pelos ensaios do Coisas de Diva e pela maioria das fotos de eventos do Blogueiras da Moda CWB), Vi está cursando Pós em Produção de Eventos na PUC Curitiba e ainda acha tempo pra fazer de tudo um pouco com cuidado e perfeição.

Se você já é uma das beeeshas viciadas nos DIY da moça (só coisa phyna!), vai adorar conhecer um pouco mais do JEITINHO dela. Vem comeeego!

 

Fashion Descontrol: Fala pras meninas um pouco sobre a rotina de uma mulher phyna e rhyka como você!

Vi Guimarães: Ah, mordomia é para os fracos, eu não fico quieta! Se eu contar aqui para vocês o tanto de coisas que fazem parte da minha rotina, vocês não acreditam!Costumo dizer que preciso sempre procurar novas sarnas para me coçar, e assim é: procuro cursos, invento moda, cuido do blog, cuido da minha filha canina, cuido do marido, cuido da casa, marco encontros, estudo línguas, faço pós… e o pior é que não me contento em fazer nada mais ou menos, então já viu, né?!Isso, no ritmo de trabalho em meio a muitas e muitas fotos que, graças a Deus, aumentam a cada dia!

 

FD: E em matéria de moda, beleza e descontrole – o que você não vive sem?

Vi: Quando se trata de cabelo e maquiagem, viiixi!!! Sou totalmente descontrolada! Se vocês vissem a minha mala para passar um final de semana fora, vocês iriam entender que eu não consigo viver sem muita coisa, hahaha…Agora, do resto, juro que sou bem desapegada! Apesar de ser meio viciada em produzir looks legais, posso, por exemplo, viver sem compras, sem esmaltes novos, sem salão, sem salto alto, sem acessórios! Aliás, adoro dar meus jeitinhos, adaptando o que eu já tenho, ou fazendo aquisições baratinhas!

 

FD: Qual foi sua última aquisição no mundo da moda fashion e da beleza beauty style?

Vi: Foram 3 cardingans fofíssimos que comprei na Havan, que estava precisando há tempos!

unhas decoradas Virginia Guimarães

nail art com categoria!

FD: Você lê blogs de moda e beleza? Quem você indica pra gente?

Vi: Acompanho MUITOS blogs! Meu preferido do mundo é o Style Me Pretty (tinha que ser um blog sobre eventos, né?! haha), têm muitos sobre eventos, decoração e lifestyle que eu babo e merecem minha visita diária! Mas entrando na área de moda e beleza, também sou seguidora addict da Chiara e da Emily. Dos Tupiniquins, eu acabo me identificando com o blog quando eu me identifico com a blogueira, haha!! Por isso adoro o Chata de Galocha, o Fashionismo e vocês!! E, na minha opinião, para novidades de beleza, produtos e exemplos, não existe nada igual ao Dia de Beauté.

 

FD: Naquele dia em que você precisa estar com o carão mais phyno do que nunca, qual seu truque de beleza e styling infalível?

Vi: A melhor receita de beleza é uma vida equilibrada: amor, realização e noites bem dormidas!Agora, como nem sempre temos controle sobre estes fatores, precisamos de um truquezinho. Minha dica fundamental é usar aquela sua roupa preferida que você tem certeza de um ótimo “caimento” independente da situação!Cabelo e make é tudo nessa vida, beesha! Aposte nisso que sua estima sobe na mesma hora!Para a make, pele bem preparada e rímel valem mais que qualquer sombra!Nos dias de cabelo bom: use ele solto ou preso com trancinhas laterais #luxodefineSe o cabelo estiver revolto e vc sem tempo: rabo de cavalo! Mas desfie em cima antes de prender. Prenda ele bem alto e coloque um salto! E aqui fica a minha certeza de que até a sua postura vai melhorar!

 

FD: Por último: qual recado você dá para nossas centenas de leitoras diárias que buscam uma oportunidade de fazer parte do mundo das rhykas e phynas do meu braseeel?

Vi: Embora eu tenha certeza que as leitoras do FD já fazem parte do mundo das rhykas e phynas, hahahha, lá vai:Meninas, o primeiro passo para adquirir bom-gosto e feeling é ter referências do que busca (seja de estilo ou, até mesmo, objetivo profissional) e conhecer você mesma! O segundo é observar! Observar muito! Ser detalhista! E ser critica consigo mesma!E o terceiro é praticar!! Agora que você já desenvolveu seu senso, você pode ousar, mas SEMPRE admitindo uma postura segura sobre a sua ousadia!

estilo Virginia Guimarães

Anotaram garotas? Então sigam as dicas dessa perfeccionista toda perfeita! Vi, obrigada por ser a linda da semana nesse nosso sofá de oncinha. Se você soubesse o quanto a gente te acha linda e inveja esse cabelo, tinha até medo de ficar perto da gente, haha!

Descontroladas por aí: mudanças no layout!

Monday, April 25th, 2011

Meninas mais uma vez atualizamos o layout, foi com base nas respostas de vocês, SUAS LINDAS, daqui que preparamos estas mudanças. Vem comigo conhecer o que mudou!

Atualizamos a logo do Fashion Descontrol, a logo nova já estava pronta e utilizamos ela nos nossos cartões, nada mais justo que atualizar o blog.

cartões de visita Fashion Descontrol

novo header Fashion Descontrol

Os links de RSS e Twitter ganharam destaque para ficar ainda mais fácil de acompanhar as novidades!

O blog inteiro está mais gordinho! Várias meninas comentaram que o blog era muito estreito. Nosso limite para tamanho de imagens para os posts também cresceu, nesse novo formato poderemos deixar as fotos ainda maiores.

fashion descontrol facebook e twitter

Nossa fan page no Facebook era um mistério, só achava garimpando mesmo. Agora está ali do ladinho bem tranquilo de curtir! E com isso você recebe nossas atualizações pelo Facebook também.

Nossa timeline do twitter também veio pro ladinho do blog.

Iniciamos uma seção de indicações, ainda está no comecinho, mas quando precisar de algo para passar o tempo dá uma olhadinha lá, esta no final da coluna do ladinho.

Espero que tenham gostado!

Testando 1, 2, 3: Batons Chiclete – Tracta

Saturday, April 23rd, 2011

batons tracta chicletes

Bom diaaa, seus lindos e suas lindas! Hoje vim mostrar pra vocês três queridinhos da minha nécessaire, os batons Chiclete da Tracta. Pra quem não tem, super recomendo comprar! São três cores lindas, com um cheirinho de chiclete irresistível e a qualidade Tracta que a gente já conhece, né?! Quanto custaram os meus eu não sei porque foi presente, mas vi na Loosho que o kit com três está saindo por pouco menos de 39 realidades.

swatches batons tracta chicletes

Os três são cremosos, são super fáceis de aplicar e ficam bem sequinhos, duram um tempão na boca! De cima para baixo no swatch, (as cores ficaram mais fiéis na pele do que na foto da bala) o primeiro é o Pink Gum (um rosa mais frio, lindo de viver!), o segundo e o Rose Gum (um rosa mais vivo, puxando um pouco para o coral) e o último é o Coral Gum (nome auto explicativo, coralzão, quase neon!). O preço é bem mais amygho do que dos batons gringos, a qualidade, pigmentação e durabilidade são ótimas e o cheirinho, ah, oh cheirinho…muito amor define!

Eu digo, por experiência própria, que vale super a pena ter pelo menos um deles sempre morando na sua nécéssaire! (na minha funciona uma rotatividade, sempre tem um deles lá). Eles servem tanto pra looks mais neutros durante o dia quanto pra complementar um smokey bem lindão pra sijogar na buatchy! (quem foi que disse que não pode usar boca tudo, olho tudo?!)

 

 

 

 

Ps. participação especial da minha irmã mais legal (e única!) que aceitou sem ressalvas ter o braço desenhado com batom!

Testando 1, 2, 3: esmalte flocado Jazz da Hits

Friday, April 22nd, 2011

Os esmaltes flocados da Hits chegaram nas lojinhas curitibocas, TODAS COMEMORA! E eu, descontrolada por esmalte que sou, não resisti a mais uma aquisição para a coleção. Foi difícil escolher um, todas as cores são lindas, mas o fácil mandou um abraço e acabei levando somente um potinho de felicidade, o Jazz. Escolhi este por ser uma cobertura e assim rolar uma variação maior de cores para fundo. Na coleção inteira, que no total são 12 esmaltes, tem 4 coberturas, os outros são esmaltes flocados com cores de fundo definidas.

Testei ele sozinho para ver o que acontecia, achei que ficou super delicado, lembrei de um comentário sobre esmalte cauda de sereia!

esmalte flocado Jazz da Hits

Como padrão para mostrar os esmaltes flocados utilizei o preto, Dama da noite da Eliana de fundo. O bacana é que os floquinhos são duochrome então dependendo do ângulo que você olha a cobertura ela fica mais pro verdinho ou mais azul.

esmalte flocado Jazz da Hits sobre preto
esmalte flocado Jazz da Hits sobre preto com ângulo

O lado ruim é o preço, como toda novidade esmalzística, um vidrinho do esmalte flocado sai por 6 dilmas mais ou menos.

Descontroladas por aí: Andanças no Paraguai!

Thursday, April 21st, 2011

Feriadão, algumas cocotas aproveitam para descer a serra enquanto outras cruzam a fronteira… Sim, nós sabemos que você está aí contando suas dilmas para se bandear para o Paraguai, sua linda, e aprovamos sua viagem muambeira! Tanto aprovamos que agora temos uma correspondente internacional para dar todas as dicas do que há de interessante do lado de lá da Tríplice Fronteira!

Vai que é tua, Joo!

xoxo,
L.

***

Demorei, mas cheguei! Pois é, sou eu mesma neste post number one do FD, a Joo ou Juh. Com o aval das minhas amigas, vou começar a escrever aqui também (aleluia). E meu sonho sempre foi ser correspondente mesmo. Então, que seja (OK, confesso: estou no Brasil, Foz do Iguaçu, mas pelo menos já cheguei à fronteira).

Logo após o Fashion Descontrol ser lançado, me mudei de Curitiba para Foz do Iguaçu. E é daqui que vou aproveitar para seguir com posts das novidades que conseguem não chegar ao BR.

“Vem ser feliz você também” até que poderia ser o slogan do Paraguai em relação às compras. Porque né, citando exemplos de preços pesquisados no último fim de semana:

a) Eau de toilette Nina Ricci: 47 dólares

b)Batons MAC: 26 dólares.

c) Telescopic, inclusive o Carbon Black: 13 dólares (em novembro, paguei 16).

Claro que nos States tudo é muito mais barato que isso, mas é o que temos.

Então resolvi dar umas voltinhas e mostrar o que há de novo ou não chega ao Brasil, que emoção (!). Escolhi desta vez escrever sobre a MISSHA, marca coreana de produtos de beleza chegando fortchee – não no Brasil.

A exposição dos produtos e a concorrência da marca é bem tchan-nan-nan, veja só (metade do tamanho do espaço dela em apenas um shopping ,enquanto as outras marcas dividem esse layout todo entre si):

stand MISSHA paraguai
Se isso é bom ou ruim para nós consumidores, ainda não sei. Mas vamos analisar:

– Variedade: TEMDTUDO. Cabelo, make, body, unha… Eu queria hidratar meu hair e escolhi uma das máscaras comuns. Depois eu mostro para vocês como ficou; já adianto que gostei bastante do custo-benefício;

– Preço: falando nisso, em comparação a marcas populares e mais baratas por aqui (Revlon), a MISSHA é mais econômica ainda. Parece que ela quer se tornar popular (alguém sabe se já é?), pois tudo é realmente muito barato e com cara de rhycah. Por exemplo: delineador por US$ 3,30, sombra por 2 dólar e batom por US$ 7,80. Irra!

– Diferencial: a exemplo dessas ceras, há coisinhas muito fofas e diferentonas.

Olha só como eles classificam as cerinhas no detalhe da foto:

missha paraguai

Legenda (de acordo com a vendedora): quanto mais estrelinhas na linha de cima, maior fixação do produto no cabelo. Já as estrelinhas de baixo se referem a maior brilho (e cada tipo de cera tem níveis diferentes de estrelinhas). “Eu quero é ser 5 estrelas!”. Sei lá o que isso significa ali viu…

Também comprei este batom matte cor de rosa. Achei a embalagem translúcida muy linda e gostei do batom aplicado:

batom rosa missha

Eu tentei, juro que tentei imitar a Jenny com esta cor bubblegum pink e seus brincões:

look batom rosa taylor momsen

Depois de ver como fiquei de olheira na foto, vamos aos pontos negativos da marca:

– Too bad: está praticamente tudo em coreano/inglês. Realmente você NÃO sabe como utilizar os produtos, se não fala a língua asiática. Enquanto não houver como a gente entender, tem que decorar tudo o que os atendentes falam sobre os produtinhos.

Outro fator legal pelo preço, mas chato pelo modelo, é como eles vendem a sombra (OK, não reclama, custa 2 dólares) que eu vou usar para fazer a maquiagem de fada da Pam… Veja só:

sombra azul missha

Percebeu sualinda? Explico: se você compra SÓ a sombrinha, como eu iludida e miserenta fiz, tem que ficar guardando a safadinha dentro desse plástico. Aí, chegando em casa, é que entendi por que a vendedora queria que eu levasse mais outra sombra e dois blushes para encaixar num porta-make deles (de apenas 6 dólares – aí já não entendi esse precinho!). Eu admito que provavelmente tudo isso ficaria barato de qualquer jeito e o porta-make é charmoso, mas nem percebi que estava comprando uma sombrinha sem capinha, blergh.

Amygah, você conhece a MISSHA e poderia opinar? Queria bastante saber o que as rica falam. Que vontade de encher de post no Testando 1, 2, 3! E se tiver alguma ideia, me fala que vou procurar.

Enjoy!

comofas? : organizando maquiagens

Wednesday, April 20th, 2011

Que maquiagem não pode ficar no banheiro, exposta à umidade e ao calor, todo mundo já sabe, mas quantas de vocês, cocotinhas espertas, realmente cumprem essa “regrinha” básica? Poizé, organizar as maquiagens pode ser um desafio…especialmente para as beeshas doidas colecionadoras de maquiagem (Temptalia, sualinda!)e desprovidas de espaço…

Navegando pela blogosfera, encontrei posts muito úteis, como por exemplo esse da diva Thaís, esse aqui do Fashionismo (a-m-o organizadores de acrílico, mas já explico o porquê deles não servirem pra mim) e esse da Claudinha Stoco (tem até vídeo!), mas acabei me inspirando mesmo foi na diva mor Temptalia e nesse post onde ela mostra a coleção dela (gente, quem não viu, veja! serião, é MUITA coisa, é maquiagem pra uma eternidade!)…mas tá, todo esse papo pra explicar que eu encuquei que queria porque queria um carrinho pra colocar meus makes (sempre tive cestinhas e deixava em cima da escrivaninha, só que lá ficava tudo exposto ao sol, outro grande no no da boa conservação de maquiagens).

Recrutei minha mãe e fomos ao único lugar onde era certeza que encontraríamos algo que servisse: a Tok&Stok . Eu não sabia se queria gaveteiro de madeira, de plástico, ou de qualquer outro material que fosse…então, passeando pela loja, encontrei essas gracinhas:

Acabei optando pelo primeiro, com três gavetas, porque achei (nunca achem, meninas, sempre meçam direitinho!) que caberia debaixo da minha escrivaninha…não coube, mas mesmo assim, tem sido uma mão na roda sem tamanho! Eu paguei algo em torno de R$179 (pra trazer ele desmontadinho e montar em casa, se eu contar ninguém acredita, mas é super simples de montar, eu montei o meu sozinha). Não é barato, há opções bem mais em conta, mas eu achei esse super charmoso e acabei trazendo (parcelar é uma benção!).

Olhem só que graça, tem 3 gavetas de tamanho bem bom (só não dá pra colocar coisas muito pesadas porque o encaixe delas é mais delicado) e uma prateleirinha em cima, super prática pra deixar aquelas coisas que a gente prefere ter mais à mão. Fiz um esqueminha pra explicar como dividi as makes, vem gente!

Na prateleira de cima, deixei uma das cestinhas antigas com os pincéis dentro (eu sou aloka do pincel, aguardem imagem final), potinhos onde vou colocando os pincéis que precisam ser lavados, protetor solar, água termal…e a nécessaire dos produtos de todo dia, pra não precisar ficar procurando logo cedo, já deixo separadinho o “kit dignidade”.

Na primeira gaveta, deixei os batons (cestinha de trás), os rímeis (não sei falar máscara de cílios, Santa Cher perdoa), lápis de olhos e boca (dentro do estojinho ali) e cotonetes. Na segunda gaveta, produtos de pele (corretivos, primers, bases, iluminadores, blushes…)e “acessórios” (cílios postiços, curvex, pinças, etc.) e, na última gaveta, meu paraíso das cores, paletinhas de sombras ali espalhadas e sombras unitárias na cestinha.

Os pincéis ficam dentro  desse “estojo” que é daqueles que dá pra usar de cinto e ficar se sentindo a make-up artist (comprei com o tio coreano/tia chinesa! vale super a pena, aliás, cinto e pincéis ótimos).

Bom, mais uma vez, fiz aloka e falei demais, mas esse é meu jeitinho e sei que vocês me amam mesmo assim. E vocês, meninas, como fazem pra organizar os makes?!