Archive for January, 2011

As rica tão usando: Blake, SUALINDA!

Thursday, January 13th, 2011

Olha, querida Blake, normalmente você me causa preguiça. Muito loira, muito radiante, muito fofa, muito namoradinha da América, muito SONO. Acho essa beleza perfeita meio sem sal, nem açúcar, nem afeto, sabe?

Mas, oh, nada contra, nada a ver com o fato da sua personagem ser um belíssimo caso da decadência de um papel principal em um seriado que ficou uma droga. Nem com esse lance de tentarem te empurrar como atriz do milênio, dama do cinema e simplesmente não colar.

Blake, eu não vou falar dos seus defeitos, longe de mim. Hoje eu sou só amor, Blake, porque você usou a combinação de cores não óbvia mais legal do universo.

AIN, BRIGADA, MIGZ!

Pois é, meninas, eu tô apaixonada por esse look e nem é porque essa linda conseguiu cobrir as peitcholas sem supervisão de um adulto responsável dessa vez. Turquesa e púrpura/roxo/lilás em geral formam uma combinação linda e chamativa na medida certa, sacam? Eu fiquei encantada e duvide-o-dó que trinta por cento que seja de vocês amigas leitoras já tenham pensado em desfilar esse duo maravilhoso por aí.

Leighton Meester, Kim Catrall, Camerom Diaz e Becki Newton - algumas das sábias que já usaram essa combinação poderosa. E foi preciso voltar uns três anos no tempo só pra achar quatro lookzinhos!

Sabem por que essa combinação breeelha? Contraste! Cores contrastantes costumam transmitir uma mensagem contrastante, logo usá-las combinadamente faz com que uma quebre um pouco da outra. Confundi você, bee? Vamos pensar no turquoise + purple melhor então:

O roxo fechadão é uma cor pesada, triste, séria. Demonstra classe, elegância, seriedade, maturidade.

Por sua vez, o turquesa é a cor divertida que retratou a leveza com que o mundo tentou levar 2010 (sou PantoneFag, malzaê). Ela inspira frescor, alegria, intensidade, juventude.

Usando-as de forma combinada, conseguimos o efeito de uma quebrar a outra: seriedade não tão pesada ou diversão não tão leve. O legal é que na hora de escolher como levar essa combinação, você pode se basear na sua personalidade: a Blake sempre foi ligeiramente mais clássica então a maior parte roxa com quebra turquesa faz sentido. Caso fosse a Leighton, a combinação inversa seria muito mais lógica, por exemplo (apesar de não ser o que ela usou acima, vai entender!).

E como fazer isso em casa sem medo e sem preconceito, tia?

O truque número 1 é: brincar de círculo cromático. Peguem um círculo cromático bem bonito e completo. Por exemplo esse lindo aqui:

OMG IT'S ALMOST A TRIPLE RAINBOW

  • Escolham uma cor que vocês curtem.
  • Tracem o diâmetro a partir dela e descubram a cor da outra ponta.
  • Essa é a cor exatamente contrastante que vai quebrar a sua cor do coração ao ser usada.

Você não precisa usar exatamente ela, pode trabalhar com tons aos redores no começo, só até pegar olho do que é contraste o que não é.

a galera do Lookbook.nu sabe o que faz

Mas, pra quem achou essa ideia muito complicada, tem o truque número 2 que é pensar nas cores “puras” do mundo, aquelas que vem na caixinha de guache e você aprendeu nas aulas da Tia Anelise que eram as cores básicas:

tudo vindo da natureza

O preto e o branco também entram nessa dança, sabia? Só que se eu vier até meu computador pra ensinar vocês a combinar P&B entre sí ou com outras cores, é sinal que vivemos num mundo realmente perdido. Então falemos das cores BUNITASDEMELDELS.

Para escolher duas cores que sejam certamente contrastantes, basta que não sejam de mesmo fundo. Por exemplo:

Lia Camargo soma verde ao amarelo e obtém sucesso e brasilidadchy

Viu como é fácil? Então traveca, se joga nesse double rainbow! Fica bonito, marcante, alegre e se destaca na multidão sem parecer um OMG O QUE É ESSA ALEGORIA ANDANDO NA RUA? Dá pra tentar isso até com o make e com as patinhas:

Tentem em casa e, se a preguiça deixar, mandem fotos do que rolou que a gente publica, suas gatas!

Testando 1, 2, 3: lencinhos Océane Femme

Monday, January 10th, 2011

Sabe quando você tem uma amiga que faz dublê de Papai Noel nas horas vagas? Bom, a Kaká e a Lelê são duas bem desse tipo e vivem me encabulando com presentinhos fofinhos e badulaques em geral. No natal, por exemplo, Lelê distribuiu prazamigue um pacotinho com lencinhos Océane Femme removedores de esmalte + Cerinha Granado + Lixinhas de bolsa Océane. U gotta really love that!

Oi, eu sou o lencinho Océane do bem

Eu nunca tinha experimentado os tais dos lencinhos mais bombados da blogosfera. Com dois lencinhos consegui remover bem o Apaixona da Ludurana, que tem uma cor bem forte e marcante. O legal é que não ficou nenhuma mancha na unha, nem mesmo cantinhos de esmalte. Sucesso define!

Tinha uma impressão de que R$ 1,50 numa acetona versus R$ 4,50 em 25 lencinhos eram auto explicativos sobre o porquê isso é desnecessário. Mas, sob meu desdém, vivia alguém louca para ver qual era o bafo que todo mundo curte esse negócio.

Foi bem na época em que eu resolvi parar de tirar cutículas, então conhecer as benfeitorias que um removedor sem acetona faz pela sua pele é o tipo de coisa que te faz iniciar uma campanha de repúdio contra os vidrinhos azuis malvados. Quer dizer, por que a gente ainda usa esses TÓCHICOS mesmo?

Como se ser um removedor que não resseca e não mancha não fosse suficiente, a Océane ainda produziu esse xuxuzinho com cheirinho de baunilha. Não é um perfume da Victoria’s Secret, tá mais pra fedorzinho de baunilha, mas ainda é muito superior ao sabor Alcool da Ilha da Acetona. Plus, ele vem em tamanho mini para ficar na sua bolsa naqueles momentos em que sua unha descasca na rua e você teme pela aparência de mulher mundana sem condiçõe$ na vida.

Foi tanta alegria que eu arrastei o namorado no sábado, sem tempo e sem saldo no cartão (dia do pagamento, me liga?) atrás de lencinhos Océane removedores de make. Com tanto amor pela edição for nails, certeza que a edição olhos e face me causariam comoção né?

Oi, eu sou o lencinho Océane do mal

É, mas não rolou. Enquanto com dois lencinhos meu esmalte pediu pra sair, o delineador insistiu por bons três lencinhos. E, sim, minha pele começou a dar aquela ardidinha básica que quer dizer “me deixa, para de me esfregar aqui”. Olha, não sei vocês, mas eu acho que a gente passa por assaduras o suficiente até uns quatro anos de idade e não precisa mais disso na vida adulta não.

Mas, né, eu uso delineador em gel e tenho síndrome de Taylor Momsem. Ter que deixar meus olhos em carne viva mesmo que usando um bom demaquilante não é exatamente uma novidade pra mim. De qualquer forma, com o formato pequenininho e tal, é um help considerável na hora a rinite ataca, você coça o olho e nasce mais um guaxinim pelas ruas.

E por quê diabos a desaprovação continua? Bem, eu não sou nenhuma Thaís na hora de reprovar cheirinhos, saca? Juro não ter um nariz muito enjoado não…mas, não rolou, gente! Quer dizer, eu aceito cheiro de frutinhas duvidosas e de combinações de flores pitorescas, mas cheiro de cachorro molhado não é admissível.

Quer dizer, o cheiro já me incomoda bastante e meu namorado tem a bizarra mania de dar beijinhos no meu olho. Eu não quero que ele se traumatize descobrindo que sua dama exala cachorro molhado pelos globos oculares.

Então no geral, é nota 10 pros removedores de esmalte (sim, Lelê, você nunca escolhe presente ruim), mas os removedores de make recebem um 4,5 no máximo. Dá pra pleitear um 8 caso o cheirinho de baunilha seja importado para essa linha, viu Dona Océane?

PS: eu tô meio receosa que o cheiro de cachorro molhado seja uma combinação de vendedora desonesta empurrando produto passadinho mais psicopata injetando psicotrópicos em mim na rua sem que eu perceba. Quer dizer, não li nenhuma resenha nem ao menos parecida sobre o assunto…alguém que já usou o produto tem algo a declarar a respeito?

Bafões da semana: 03/01

Sunday, January 9th, 2011

"Subúrbio tropical fétido! O que eu estou fazendo aqui nesse lugar?!"

Antes tarde do que nunca, no segundo domingo de 2011 estamos voltando com os links da semana. Enquanto a galera está torrando le popozon na praia e fervendo os bancos de apostas de quantas músicas a Amy dura antes de ficar locona e desabar, estamos trabalhando na caça do que de melhor aconteceu nesse comecinho de 2011 no mundo da moda fashion. Segura:

Desejamos uma semana purpurinada e um banho gelado com café forte pra quem ainda tá chegando da praia naquela ressaca. Boa semana, travestis preferidas!

"Caipirinha maldita! AIMINHACABEÇA!"

#comofas: mãos saudáveis e bonitas sem tirar a cutícula

Sunday, January 9th, 2011

Ano novo, vida nova, truques novos: a partir dessa semana inauguramos a sessão #Comofas da semana que vai dar o passo a passo pra dar o truque todo sábado.

Para começar, nada melhor do que uma das resoluções de 2011 de muitas cocotas: parar de tirar a cutícula. Aqui no Brasil muitas de nós aprendemos que unhas bonitas de verdade sem tirar a cutícula são lenda. O problema é que a cutícula é uma proteção natural da unha contra bactérias e sujeiras nojentas demais que queiram invadir seu corpitcho.

É por isso que quem tira a cutícula costuma ficar com os cantinhos da unha sempre inflamados: é seu corpo falando “isso num é saudavel, para já SUALOCA!”. Outra coisa ruim é  vê-las cada vez engrossando mais e, às vezes, criando até um degrauzinho entre a unha e a cutícula. Triste e feio pra caramba.

Mas Debs, se eu não tirar a cutícula, vou ficar com aquela coisa grossa e desfiapada na mão pra sempre? Não, bee, olha só: quem não tira a cutícula e cuida da mãozinha tem ela sempre fininha, delicada e saudável…fica um xuxu! Quer um exemplo? As invejadíssimas unhas da Michelle do Lacquerized:

E as da Christine, do Temtpalia?

Invejou, né, bicha má? Então não precisa desejar o mal pra unha linda da próxima, pega na minha mão saudável e bem tratada e vem comigo aprender o esquema:

O primeiro passo pra abandonar o alicate de cutícula é deixa-la crescer um pouquinho. Nada exagerado, mas aquela coisa que já te incomoda um bocado. Depois, você vai brincar de spa pra mão, ai que delícia! Anota os ingredientes:

Um potinho, Um creme hidratante para mãos, Açúcar Cristal e um Alicate de Cutículas

1 – Misture num potinho um pouco do seu creme de mão favorito (vá até o fim do post pra ver a nossa lista de indicações) e açúcar cristal. Depois aplique sobre a sua maltratada cutícula e esfregue. Sim, você está fazendo uma esfoliação! Dessa maneira, estamos removendo as células mortas da parte grossa e desnecessária que sua cutícula desenvolveu pra tentar se proteger contra seu alicate malvado.

2 – Terminada a esfoliação, alguns fiapinhos de cuticula devem ficar meio “arrepiados”. Você está autorizada a tirá-los com o alicate. Mas é só os fiapinhos que são excessos, num vai se empolgar e fazer o Edward mãos de tesoura com sua cutícula. A gente tá tentando contar pra ela que tá tudo bem agora e a gente ama e aceita ela do jeitinho que ela é.

3 – Terminou de tirar os fiapinhos? Então agora vamos combater essa sensação de que sua cutícula vai avançar sobre sua unha: com um hidratante específico para cutículas bem emoliente (listinha no fim do post também), massageie uma por uma com cuidado. Depois pegue uma espatula e a empurre gentilmente para dentro.

Elas devem ficar com uma aparência mais ou menos a primeira vez, mas isso é porque elas estão grossas de tanto que você já as picotou: agora é hora de ter paciência e esperar o resultado, ok? E a paciência é realmente necessária porque o tempo médio para sua cutícula parar de produzir excesso e agir como se nunca tivesse sido retirada é de três a seis meses.

De qualquer forma você pode repetir todinha essa operação semanalmente por quanto tempo for necessário. Com o tempo os fiapinhos pararão de sobrar e ela vai afinar naturalmente. Até chegar o dia que esfoliar a cutícula e hidratá-la tomará menos de cinco minutos da sua vida.

Para manter esse resultado bem bonito, você também vai precisar mudar alguns hábitos como sua forma de hidratar as unhas e de tirar o esmalte. Algumas dessas coisas você pode levar na bolsa diariamente: o uso delas  não vai tomar nem um minuto do seu dia! Anota os nossos recomendados:

Hidratantes da linha Granado Terrapeutics, Ekos e Dote.

Os Hidratantes da Ekos eram meus queridinhos absolutos, mas os da Granado me conquistaram demonstrando que emoliência e brasilidade pode custar barato e ser vendido na farmácia. O da Dote não é uma loucura, mas é bem gostosinho e tem um respeitável cheirinho de amêndoas. Recomendo deixar um na bolsa e passar na mão toda vez que senti-las meio secas.

A lendária cerinha Granado, o amado Mira Cuticle, canetinha hidratante OPI e canetinha hidratante UB Beauty

Sim, nós sabemos, a Cerinha Granado é preferência Nacional – o cheirinho e rápida absorção a tornam imbatíveis. O Mira-Cuticle caiu nas graças do povo quando, finalmente, após duzentos anos de comercialização, a galera entendeu pra que ele serve. As canetinhas OPI são oleosas e UB Beauty são bem parecidas, mas a UB é mais acessível. Lelê já falou dela aqui.

Esses produtos também devem andar na sua bolsa para, se possível, pelo menos três aplicações diárias. Coisa de um minuto a cada aplicação no máximo e que faz uma diferença gigantesca.

Removedor Lutex Mek Cinco, Esponja Removedora de Esmaltes, Removedor sem acetona Avon, Lencinhos Oceane e Removedor Sem Acetona Risqué

No campo dos removedores, temos mais opções faz muito tempo. O Lutex Mek é meio lenda urbana, mas se achar agarrem: o bichinho é bom e barato. A esponja removedora é meio carinha, mas diz que funciona que é uma loucura. O removedor da Avon tem a mesma eficiência da acetona, assim como o Risqué, mas não resseca sua unha e deixa um cheirinho quase agradável. Os lencinhos Oceane são perfeitos para ter na bolsa caso seu esmalte lasque em mum momento que você precisa de finésse na vida.

O removedor sem acetona é extremamente importante pra quem não tira a cuticula porque a acetona resseca demais suas unhas. Com ele, você consegue unhas bem feitas e saudáveis em tempo integral.

Nutribases Colorama, Base Fotrilon e Hard as Nails Sally Hansen

Uma boa base é responsável por unhas e cutículas saudáveis. Investir nelas é garantir unhas sempre bonitas e cutículas que não esfiapam!

Apesar da Nutribase e da Hard as Nails serem velhas conhecidas da cocotaria, nunca é demais elogiá-las. Em compensação a Fortilon não tem exatamente fama, mas minhas unhas parecem esculpidas em mármore graças a essa benção que é encontrada em Farmácias.

"Roxinhos" Ultra Brilho da Avon e Colorama, Diamond Strenght e Mega Shine, ambos Sally Hansen e

Você sabia que o Top Coat é o segredo do sucesso? Ele pode duplicar a durabilidade e brilho de um esmalte, além de nutrir e valorizar suas unhas.

Apesar do amor que a blogosfera nutre pelo roxinho da Colorama, eu já usava o da Avon há anos atrás: amor define, minha gente! Os Sally Hansen são específicos para tipo de unha e efeito que você deseja causar: tão bons que é covardia fazer muita propaganda.

Agora o motivo porque não temos foto ilustrando cada passo é porque eu comecei a fazer isso a três semanas sem botar fé. Num quis tirar foto porque tinha certeza que ia dar errado. Então deixo para o final a foto motivadora das minhas unhas:

Unhas do sucesso e prosperidade

Plus: esmaltes não duravam nem dois dias sem lascar nas minhas patas e esse bonito na minha mão é o Grão de Café da Risqué indo para o quarto dia de uso. Fica a dica que eu faço as unhas em no máximo dez minutos agora também: como a cutícula tá lisinha, lisinha (fora aquela pelinha que descamou com uma batida numa lasca da mesa porque eu sou genial) o palito de laranjeira não enrosca mais. Sucesso!

Bee, se eu que sou retardada tô com essas mãos de rica, você consegue, amiga!

As rica tão usando: escolha o biquini certo!

Thursday, January 6th, 2011

Vem chegando o verão e um calor no coração mas eu acho que nem todo mundo por aqui é adepta do TÓPILÉSSI na areia virando sereia. É por isso que o post de hoje é pra pegar na sua mãozinha, te dar um abraço e te dizer: você sabia que tem biquini pra todas?

Sim, amiga, é verdade: não importa em qual fase da vida está sua Kelly Osbourne interior, tem biquini pra todo tipo de corpo e todo mundo pode fazer a diva da praia com o seu. Assim como você já aprendeu a fazer com os vestidos, é hora de descobrir o tipo de biquini que te deixa gatchinha e goshtosa aproveitando o melhor do seu corpitcho. Então vamos a primeira lição:

Existem duas áreas a se prestar atenção: quadril e seios.

Aqui, não vamos observar se você é um triângulo invertido ou trapézio dando pirueta, mas sim a combinação do volume de cada uma dessas áreas do seu corpo de sereia. Nós vamos aplicar aquele velho truque de tecidos lisos e sem detalhes nas partes avolumadas combinado com tecidos trabalhados nas partes mais contidas. Espia a tabela:

Agora que você já sabe como se referenciar de acordo com suas protuberâncias, vamos a mais algumas dicas amigas:

Pernas: se elas forem curtas, você pode escolher um modelo mais cavado na frente e com laterais mais finas, pra dar uma ampliada nas pernocas. Já se forem muito compridas, opte por laterais mais grossinhas e cortes retos, que harmonizarão tudo.

Piovani: pernuda e sábia!

Cadê minha cintura?: se você tiver uma cintura com formato mais reto que curvilíneo, o maiô engana mamãe vai ser seu melhor amigo! Ele dá uma sensação de curvas sem igual e fica chiquérrimo de quebra.

O engana mamãe tem cara de cruzeiro nas Ilhas Gregas!

Geise arrudeando: se a barriguinha abusou do chopp e matou as aulas de pilates, o biquini fica dificil, mas não impossível: basta escolher uma parte de baixo com a cintura mais alta. Agora, se a auto confiança pro biquini saiu de férias pra outro hemisfério, os maiôs não são mais aquele trambolho da vovó: existem modelos lindos e muito confortáveis que vão te fazer se sentir bem gata nas areias desse Braseeel.

O maiô compõe um look fino, divertido ou sexy pra qualquer corpo!

E o corte de cima?: dizem por aí que o formato tomara que caia é o melhor amigo da moça de quadril largo e seio pequeno, porque dá uma esticada na parte de cima. Tenho um pouco de medo dele, já que deixa os seios meio caidinhos.

Já o frente única fica bonitinho pra quase todas, mas você deve sair correndo dele se tiver ombros largos: o efeito vai ser ombros dez vezes maiores. A alça reta não valoriza a amiga que tem seios separados mas pode ser usada mesmo que você tenha ombros pequenos. Falando nisso…

O debate da marquinha

Li esses dias um post divino da Thereza Chammas no Fashionismo sobre essa vibe de evitar a marquinha pra ficar phyna e sem bronze com marquinha de suburbana. Ela levanta a discussão se importa mais ser fashionista sem marquinha de alcinha ou quando o bofe te leva pro vamo ver e encontra uma faixa geométrica bizarríssima e ligeiramente broxante. E aí, o que optar?

De qualquer forma, a Thereza observou o caso da Jennifer Aniston que dá o truque usando o cortininha da marquinha sexy…sem alcinha. Genial? De certa forma sim. O perigo é fazer a Olivia Palermo peitchinho murcho nas areias do Caribe.

ÇENÇUALIZANDO

Testando 1, 2, 3: esmalte Facebook da Elke com efeito matte

Wednesday, January 5th, 2011

A Elke, empresa de cosméticos que já trabalhava com maquiagem, lançou ano passado sua coleção de esmaltes. Eu ainda não havia encontrado os vidrinhos até este início de ano aqui em Curitiba.

Acredito que em toda a rede das Lojas Americanas eles podem ser encontrados (já encontrei em 2 delas). Na loja do Shopping Curitiba existe uma parte que, apesar de meio escondida, conta com várias cores de esmaltes e alguns dos produtos da linha de maquiagem.

Esmaltes Elke

Levei alguns vidrinhos novos para a pequena coleção. Será que preciso de ajuda profissional?

O site da empresa (http://www.nasha.com.br/elke/) apresenta uma seção bem interessante chamada “Maquiagem personalizada” para visualizar as cores de maquiagens em 4 tipos diferentes de pele. Entretanto ainda não apresenta os esmaltes dentre os produtos.

Swatch do esmalte Facebook da Elke

Matte? Onde?

O escolhido para o teste foi o Facebook. Ele tem uma vibe do Matte Fluor Club da Impala mas é um pouco mais fechado. A foto do swatch não ficou muito fiel em relação a cor, que não tende tanto ao azul como parece.

O efeito matte que o esmalte se propõe a ter ficou bem a desejar. Ainda assim gostei muito da cor final, passei 3 demãos.

Além do Facebook, a linha possui outros esmaltes com nomes, no mínimo, curiosos como: E-mail, Orkut, Twitter, Fashion Week, Rebolation, Robótica e Cielo.

Também achei legal o fato da marca não ter entrado neste mercado apenas com as cores mais comuns e que são garantia de venda (rosinhas, vermelhos e todas aquelas que você vê sempre no sacolão ou repetidos na maleta da manicure). Eles fizeram escolhas interessantes dentro do que o mercado brasileiro já aprovou.

Quero já: coleção MAC Wonder Woman e outras coisinhas fofas desse mundo

Monday, January 3rd, 2011

Makeupaholic também é colecionadora e fuxica tudo que é possível assim como qualquer colecionador viciado. Logo, imagine a cara das bees quando vazou a notícia de uma coleção Wonder Woman pra MAC? Eu especialmente fiquei bem louca porque é nerdismo + travestismo em uma combinação única de felicidade.

A Lia Camargo conseguiu imagens que vazaram em um blog de beauté francês pra mostrar esses xuxus e eu fui bem locona conferir…

Mas, olha, eu sou tão jacu que o que mais me atraiu foi…a necessaire com forro de estrelinha. Tá, eu sei que sou chata e repetitiva com isso, mas, depois que você compra sua primeira paleta bem pigmentada com um milhão de cores do submundo da maquiagem lado C, fica COMPLICADO gastar as merrecas com uma sombrinha solitária da MAC. As cores respeitam a cartela da feminilidade na Liga da Justiça, but tem que ver isso aí. Aguardemos o fim de março pra, como diz vovó, ver com a mão as crianças.

Anyway, o mercado fofo do make já é um velho inimigo do bolso. Não, ele não costuma ter cartelas de cores inovadoras, mas é tudo tão OWNNNN que nem precisa – somos seduzidas por frasquinhos. Vale relembrar algumas coleções que nos fizeram ficar tipo “ah que isso elas estão descontroladas”:

Pra quem não sabe, meu lado DEZAINERZONA chora purpurina quando vê ToyArt de qualidade. Eu já tinha fixação por Tokidoki muito antes de virar modinha (sou tr00, malzaê). Cheguei a ganhar uma CiaoCiao de vinil do bofe que é tipo meu xodózinho. Quando o Simone, esse lindo, se juntou no mesmo ano com a Sanrio (produzindo a coleção em que a Hello Kitty encarnava a Vaca Moozzarella) e com a Sephora (que é a Sephora) eu fiquei bem maluca.

O fato é que nunca consegui nada dessa coleção, triste. Mas, tenho informantes francesas que me garantem que quando o bafo chega na loja até as necessaires esgotam em uma semana. Loucura, loucura, loucura, diria Luciano (o Incrível) Huck.

A segunda vez que a Sephora me fez querer vender meus rins por maquiagem foi quando prometeu Hello Kitty. Quer dizer, me aponte um traveco na noite que não colecione coisas da Hello Kitty. Mas não é o jogo de pincéis rosa nem o espelho cravejado que faz meu coração acelerar – minha humildade baba mesmo é nesses esmaltes flocados em vidrinho de cabeção de gata sem boca, OMG!

Isso porque não estamos falando da primeira vez que a Kitty se associou a um império da beleza: Uma das maiores tristezas da minha vida é que meus pincéis não moram nesse “copinho” (condiçõe$h) de cabeção da HK negra do mal. Além disso, as cores dessa coleção foram way better que qualquer outra que tenha sido planejada para capturar nosso dinheiro através da nossa alma de menininha.

Falando em MAC: não podemos esquecer a febre de 2010 que foi a coleção Venomous Villains. Afinal, quem não ama os vilões da Disney? Essa foi outra que teve uma cartela de cores considerável. Embora os tons abertos não tenham sido valorizado, os travestismos de brilhos difenciados somados a cores discretas fizeram desses produtos uma série simplesmente unica pras colecionadoras.

Fora os exemplos que eu citei, temos outras parcerias enlouquecedoras que já rolaram, como a da Barbie pra MAC ou a nacional linha Penélope da Risqué. E não podemos esquecer nunca de marcas como Benefit, Too Faced e Pupa que já despertam nosso lado girlie sem precisar de parceria nenhuma por ser naturalmente fofíssimas!

E vocês, já compraram make pela embalagem só pra fazer a diferenciada na necessaire? Contem aí nos comentários qual foi, meninas!

Descontroladas por aí: últimos travestismos de 2010

Saturday, January 1st, 2011

É assim que eu me despeço de 2010. Na auto foto num dá pra ver, mas é um vestido bem acinturado e com costas inteiras nuas pra mostrar minhas florzinhas. Ao mesmo tempo ele é pink pra atrair fortes emoções nesse ano. E os detalhes em todas as cores do mundo é porque eu não quero deixar nada faltar.

Brinco de strass e muito iluminador pra atrair GLITTER E SANTA CHER. Caveirinha na corrente pra continuar fazendo a alternativa.

Nas unhas Rock e Hip Hop Ana Hickman, francesinha de Glitter Forte da Hits e uma camada de DVD Sally Hansen por cima. Tudo para atrair mais e mais e mais brilho pra que 2011 seja um ano double rainbow beechistico como foi 2010.

Foco no make de travesti do carnaval.

Muitos fogos de artifícios pra todos. E beijo que eu parti pra festejar mais um ano feliz.